Família

Barycholos ternetzi

(Miranda- Ribeiro, 1937)

Rãzinha-da-chuva

Endêmico do Cerrado Comum
Mata Ciliar
Mata de Galeria
Cerradão
Cerrado
Ocorrência
Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Barycholos ternetzi

(Miranda- Ribeiro, 1937)

Rãzinha-da-chuva

Endêmico do Cerrado Comum

Barycholos ternetzi

(Miranda- Ribeiro, 1937)

Rãzinha-da-chuva

Endêmico do Cerrado Comum
Mata Ciliar
Mata de Galeria
Cerradão
Cerrado
Ocorrência
Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Essa espécie é uma rãzinha de tamanho pequeno com o corpo marrom-avermelhado e uma característica bem marcante é uma mancha preta que ela tem em cima do tímpano. Essa rãzinha é uma espécie terrestre e canta durante o dia, vivendo no folhiço em matas de galeria, bordas de mata e áreas abertas do Cerrado. Outro fato muito importante é que é uma rã endêmica do Bioma Cerrado e sua população vem diminuindo com o tempo. Os maiores problemas que mais ameaçam essa espécie são o avanço da agricultura, como a pecuária, a exploração de madeira, poluição agrícolas, os incêndios e a construção de barragens.

Diagnose

Corpo marrom-avermelhado e uma mancha preta acima do tímpano.

Você sabia?


Durante a época reprodutiva, quem cuida dos ovos são os machos. Os ovos são terrestres e geralmente são cobertos com partículas do solo que ajudam contra dessecação. O desenvolvimento dos ovos é direto e não possui estágio larval, tendo seu desenvolvimento dentro do ovo.

Você sabia?


O seu repertório de canto é bem estudado e sabe-se que ele tem 4 tipos de cantos diferentes bem marcantes, sendo o mais comum o de “advertência”. A duração do canto e as repetições são influenciada pela temperatura do ar.

Referências bibliográficas

https://www.researchgate.net/profile/Alessandro_Morais/publication/235792365_Acoustic_repertoire_of_Barycholos_ternetzi_AnurA_strAbomAntidAe_in_centrAl_brAzil/links/0fcfd5138c40bc0f52000000.pdf

Anfíbios dos Veadeiros

  • Anfíbios dos Veadeiros

Um projeto batráquio!