Família Odontophrynidae

Odontophrynus salvatori

(Caramashi, 1996)

Sapo-verruguinha, Sapo-caminho-de-salvator

Endêmico do Cerrado Comum
Cerradão
Cerrado
Campos
Ocorrência
Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Odontophrynus salvatori

(Caramashi, 1996)

Sapo-verruguinha, Sapo-caminho-de-salvator

Endêmico do Cerrado Comum

Odontophrynus salvatori

(Caramashi, 1996)

Sapo-verruguinha, Sapo-caminho-de-salvator

Endêmico do Cerrado Comum
Cerradão
Cerrado
Campos
Ocorrência
Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

É uma espécie de porte médio, é terrestre e possui o corpo ovóide, robusto e verrucoso. Ocorre em áreas abertas do bioma Cerrado, em fitofisionomias de Campo Limpo, Campo Sujo e Campo Rupestre, sempre próximo à riachos temporários, no qual os girinos irão se desenvolver. Este anuro pode não apresentar tolerância a modificações no habitat. Essa espécie possui características larvais e adultas que a aproximam do gênero Proceratophrys spp. Essa espécie tem distribuição conhecida associada ao planalto central goiano e ocorre somente em 3 localidades: Parque da Chapada dos Veadeiros (Alto Paraíso), no Parque dos Pirineus (Pirenópolis) e no Distrito Federal, sempre em altitudes maiores que 800 metros e endêmico do Cerrado. Pouco se sabe sobre essa espécie, mas estudos indicam que sua distribuição é maior.

Diagnose

Apresentar coloração dorsal com manchas esparsas de cor cinza-escuro, cinza-claro e castanhas, sem formar desenho definido. Possui tubérculos supranumerários palmares e plantares e região da face dorsal dos dedos e artelhos rugoso. Dorso e flancos cobertos por tubérculos grandes e pequenos, distribuídos ao acaso, sem formar linhas ou desenhos. A cabeça é mais larga do que longa e o focinho é truncado em vista lateral. Possui duas cristas tuberculares se originando nas narinas seguindo até o canto anterior dos olhos. Pálpebras superiores com vários tubérculos formando uma crista. Glândulas pós-orbitais, paratóides e temporais ausentes.

Anfíbios dos Veadeiros

  • Anfíbios dos Veadeiros

Um projeto batráquio!