Família Leptodactylidae

Pseudopaludicola ternetzi

(Miranda-Ribeiro, 1937)

Rã-grilo

Endêmico do Cerrado Comum
Campos
Cerrado
Áreas Antrópicas
Ocorrência
Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Pseudopaludicola ternetzi

(Miranda-Ribeiro, 1937)

Rã-grilo

Endêmico do Cerrado Comum

Pseudopaludicola ternetzi

(Miranda-Ribeiro, 1937)

Rã-grilo

Endêmico do Cerrado Comum
Campos
Cerrado
Áreas Antrópicas
Ocorrência
Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Espécie de tamanho médio para o gênero, pode se distinguir de P. mystacalis por possuir um formato de corpo mais robusto, e de P. saltica por apresentar membros posteriores mais curtos. Noturna, ocorre em áreas abertas e alagáveis do bioma Cerrado. Geralmente encontrado em áreas degradadas. Espécie conhecida para região central do Brasil e Paraguai, nos biomas Cerrado e Chaco, também encontrada nos estados da Bahia, Goiás, Tocantins e Minas Gerais. É ameaçada pelas construções de reservatórios hidroelétricos, expansão das fronteiras agropecuárias e uso do fogo. É encontrada a 400-1200 metros acima do nível do mar. Reproduz em áreas úmidas e pantanosas e poças temporárias.

Diagnose

A coloração dorsal é castanho com padrões de manchas mais escuras, pouco definidas, sobre os ombros e região lombar. Além disso apresenta barras transversais na região dorsal dos membros posteriores. A pele do dorso é lisa com a presença de grandes verrugas achatadas nos flancos. Franja dérmica nos dedos é ligeiramente desenvolvida e a ponta dos dedos é arredondada. Pode observar calos núpcias bem desenvolvidos em machos reprodutivos. O ventre é liso e sem manchas. A linha vertebral é ausente em P. ternetzi e, em alguns indivíduos, é possível distinguir uma curta linha delgada na região do uróstilo.

Referências

  • Rogério Bastos, Ulisses Caramaschi 2004. Pseudopaludicola ternetzi. In: IUCN 2014

Anfíbios dos Veadeiros

  • Anfíbios dos Veadeiros

Um projeto batráquio!